Quem sou eu

Minha foto
Nutricionista Clínica, esportiva, gestacional e infantil. Consultório em Alphaville (Tel: 4175-9777) há 12 anos, com técnicas bem inovadoras e diferenciadas, focando especialmente no bem estar psicológico e emocional do paciente. Reeducação alimentar associada à Gastronomia para resultados definitivos e uma rotina agradável!

quinta-feira, 5 de março de 2015

Guerra contra a balança: como se pesar? como saber se está ganhando massa muscular?

Com que frequência você se pesa? Erros na guerra contra a balança podem fazer você engordar. Vamos ver os mitos mais comuns?

1- "Me peso todos os dias para saber se a dieta está funcionando" - O corpo sofre alterações em relação ao peso, por conta da TPM, consumo aumentado de sal, gorduras e doces na véspera, funcionamento intestinal... Desta forma, NÃO ADIANTA se pesar todos os dias. Primeiro porque quando você se pesa, não está considerando a massa muscular que pode estar ganhando na atividade física, por exemplo. 
Muitas vezes um paciente chega à consulta bem chateado, dizendo que engordou e na prática descobrimos que ele diminuiu o percentual de gordura e eliminou centímetros de gordura abdominal. Nesse caso ele ganhou peso, mas tornou-se mais magro. Ele jamais poderia saber isto ao se pesar, então a pesagem torna-se frustrante e, muitas vezes, estimula as pessoas a comerem mais, por acharem que a dieta não está tendo resultado. Veja no final do post dicas de como acompanhar sua evolução.
Mais um problema é que este peso diário normalmente é aferido em casa, onde nem sempre as balanças estão bem aferidas.

2- "Me peso depois de uma festa, final de semana ou viagem, para saber quanto engordei." - Engordar é ganhar gordura. Se você vai à uma festa e come itens hipercalóricos, pode ser que a balança mostre no dia seguinte um aumento de 1-2 kg. Isso não significa que você engordou 1 ou 2 kg na festa, mas sim que você provavelmente está retendo líquidos por conta da gordura e/ou açúcar que consumiu em excesso. Volte à sua alimentação habitual por dois dias e, aí sim, o peso será confiável.

3- "Desde que comecei a malhar não me preocupo com meu peso, pois sei que estou ganhando massa muscular." - Sim, de fato a academia aumenta a massa muscular e músculos pesam mais do que gordura. De forma que, como falamos, você pode estar com mais peso, mas mais magro (percentual de gordura). O problema é que muitas vezes os pacientes apenas treinam, não fazem dieta corretamente e acham que todo seu peso é atribuído ao ganho de massa muscular. O paciente pode estar errando na dieta e a falta de perda de peso reflete que, de fato, não está emagrecendo, não que está ganhando massa muscular exponencialmente. O ganho de massa muscular normalmente é lento. Muitas vezes fazer atividade física também aumenta a fome e se você não controlar a alimentação pode engordar. Como saber o que de fato está acontecendo e não cair nestas frias?

4- "Odeio me pesar e nunca me peso" - Outro erro frequente. Algumas pessoas passam meses sem se pesar, para descobrirem que, de repente, ganharam 8 ou 10 kg. Na verdade se o peso fosse aferido regularmente, ele poderia ter tomado providências nos primeiros 2 kg, quando o caminho era bem mais fácil e curto de ser percorrido.

5- "Minha meta é o peso X e só ficarei feliz quando atingi-lo" - Hoje sabemos que mais importante que o peso, é o percentual de gordura e as circunferências, que se relacionam tanto com sua forma estética, como indicador de risco cardiovascular. Desta forma, não adianta você se fixar no peso de 59 kg que tinha na faculdade. Com musculação, por exemplo, pode ser que seu novo peso ideal seja 65 kg, com o qual ficará mais firme, resistente, saudável e, muitas vezes, com o corpo mais bonito. Não se fixe nos números da balança e sim na aparência, percentuais, medidas e roupas.

*Como então devo acompanhar meu peso?
- Procure pesar-se a cada 10 ou 15 dias, assim você não terá ansiedade  em pesar-se frequentemente, mas terá uma referência para acompanhar sua evolução;
- Pese-se preferencialmente sem roupas, pela manhã e em jejum;
- Se houver a possibilidade, acompanhe com um profissional a evolução das suas medidas e percentual de gordura.
- Se não puder acompanhar com um profissional, anote com a pesagem as medidas de cintura, abdome, quadril, culote, tórax e braço. A circunferência deve ser aferida com fita métrica inelástica (tipo de costura) e sem "apertar". Lembre de soltar a respiração e a barriga!
- Se você de fato está perdendo gordura, pelo menos a circunferência abdominal tem que diminuir, ok?
- Lembre de medir a circunferência sempre na mesma altura, por exemplo na linha do umbigo.


SE VOCÊ GOSTOU DESTE POST, CADASTRE-SE PARA ACOMPANHAR O BLOG OU CLIQUE CURTIR NA PÁGINA DO FACEBOOK PARA LER NOTÍCIAS NA SUA PÁGINA: http://www.facebook.com/nutricionista.alinelamarco
ACOMPANHE TAMBÉM PELO INSTAGRAM: @NUTRI.ALINE

Nenhum comentário: